Retratos fora da parede – Por José Elias


Saudoso Denis Agra – 27 anos depois – morreu sem realizar um sonho na área da comunicação. Sempre se declarava fã do rádio – agilidade e velocidade da informação ligeira. Toda resenha nas rodas de jornalistas, na Redação ou nos bares, manifestava desejo de trabalhar no Departamento de Notícias de alguma emissora aprendendo experiência nova.

Fosse vivo, ficaria encantado com as redes sociais, que chegam no local primeiro do que o fato, instantaneamente. A mudança de cores no processo da sucessão estadual deixa quem não é do ramo sem entender nada, no escuro. Candidato bota a cabeça de fora hoje, amanhã tira pescoço da guilhotina e, em seguida, reaparece de novo no cenário do voto.

Vitrine agora coloca Collor com bandeira na mão, no escritório, cheio de amigos, batendo palmas pra ele. Momento de fama de Eduardo Canuto foi pequeno, mas ainda continua fa-zendo comercial no processo majoritário. E Renan Filho, na cadeira principal, trabalhando e articulando reeleição, apresenta propaganda do que executa no mandato de governador.

Em casa, recesso do lar, famílias acompanham, sem aceso aos bastidores, cochichos e declarações evasivas. Maioria – superior a 80% – não sabe o que poderá acontecer em Ala-goas dia seguinte. Cadê os compromissos de cada um, a plataforma de governo dos que querem sentar na cadeira oficial? – pergunta a minoria, fora do debate da sucessão.

A rigor, no duro, não existe nada acertado, tudo na fase das negociações, pedras do do-minó distante da mesa do jogo. Convenções estão acabando e eles, semana que vem, te-rão que dizer à sociedade o que desejam. Quem tem coragem de apostar que o quadro atual fica na parede até outubro? (No livro Repórter da Política – tudo é mentira – no computador).

04.08.2018

Saiba mais sobre os bastidores da política alagoana em: www.blogdojoseelias.com.br

Siga o Blog do José Elias nas redes sociais:

Instagram:@blogdojoseelias.com.br

Facebook: blogdojoseelias.com.br

 Twitter: blogdojoseelias
#politica #politicalagoas #politicalagoana #eleiçoes #eleiçoes2018
#candidatos #joseeliasjornalista#blogdojoseelias#alagoas

COMPARTILHAR
Artigo anteriorResgate da felicidade – Por José Elias
Próximo artigoTá nas composições – Por José Elias
José Elias
José Elias iniciou na Gazeta de Alagoas no rádio e jornal. É colunista há 35 anos. Foi diretor de Comunicação da Organização Arnon de Mello e comentarista de política da TV Gazeta. Repórter nas rádios Progresso, Difusora, Palmares, Jornal de Alagoas e Jornal de Hoje. Secretário de Comunicação dos prefeitos Fernando Collor, José Bandeira, Djalma Falcão. E secretário estadual de Comunicação do governo Moacir Andrade.