José Elias iniciou na Gazeta de Alagoas no rádio e no jornal. É colunista há 35 anos
Capa » Editorial » BOCA FECHADA NÃO ENTRA MOSQUITO NA MAJORITARIA
Publicidade
Publicidade
Postado em 20/07/2021

"Editorial"BOCA FECHADA NÃO ENTRA MOSQUITO NA MAJORITARIA

Por José Elias
21 Visualizações
Comentários (0)
“É briga de gente grande!” - desconversou o pastor Toninho Lins, ao sair de um culto evangélico

   Pastoril do Natal e Ano Novo, murcho por causa da pandemia, ainda sequer  começou a ser ensaiado. A dança do voto é diferente, exibe esperteza dos participantes e não admite  amadorismo, como nos desfiles, sem maldade, das pastorinhas. Sem profissionalismo no voto, todos acompanham a mesma música, botando a massa de manobra debaixo do palanque.
   As conversas naturais às vésperas das eleições, sumiram do mapa, dando lugar aos fuxicos de pé de ouvido. Ninguém, de alta patente, se arrisca dar um palpite sobre nomes cogitados para a eleição majoritária. Escapole pela tangente, bota o telefone celular na orelha e passam pela multidão, calado, sem oferecer uma opinião, colocando a língua de molho.
   Até prefeitos, fora da disputa, fecham a boca quando provocados sobre preferência em 2022. Vereadores também se recolheram, não fazem indicações nem propõem nomes a corrida de governador e senador. ‘É coisa de gente grande!” - desconversou o ex-prefeito Toninho Lins, após pregar num culto evangélico em Rio Largo, com a Bíblia debaixo do braço.

 

21 Visualizações
Comentários (0)

Saiba mais sobre os bastidores da política alagoana em: www.blogdojoseelias.com.br

Siga o Blog do José Elias nas redes sociais:

Instagram:@blogdojoseelias.com.br

Facebook: blogdojoseelias.com.br

 Twitter: blogdojoseelias
#politica #politicalagoas #politicalagoana #eleiçoes #eleiçoes2018
#candidatos #joseeliasjornalista #blogdojoseelias #alagoas

Gostou! Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar!

Publicidade