Ocupou o cargo de secretário municipal de Comunicação dos prefeitos Fernando Collor de Mello, José Bandeira e Djalma Falcão
Capa
Publicidade
Publicidade
DESTAQUE
Postado em 05/08/2021
PILAR E O MODELO QUE RENATO FILHO MOSTRA AO ESTADO
Por José Elias
0
Postado em 05/08/2021
JHC TRABALHA EM SILÊNCIO NOME DO VICE DA SUA CHAPA
Por José Elias
0
Postado em 05/08/2021
JÓ PEREIRA E FÁBIO FARIAS COM RENAN E ARTHUR
Por José Elias
0
Postado em 04/08/2021
AMIGOS AGENDAM LANÇAMENTO DO PREFEITO DO PILAR
Por José Elias
0
Postado em 04/08/2021
JÓ PEREIRA PODE SER GOVERNDORA DE CONSENSO
Por José Elias
0
Postado em 04/08/2021
RENAN FILHO E ARTHUR JANTAM SEM TESTEMUNHA
Por José Elias
0
Publicidade
OPINIÃO
Postado em 05/08/2021

NOVO CENÁRIO COLOCA RENATO FILHO E JÓ PEREIRA NO VOTO 2022.

Rodrigo Cunha, que ensaia uma candidatura, está sendo engolido por JHC, líder de todas as pesquisas.

   Segunda pedra jogada no tabuleiro, palco das eleições que vão escolher futuro governador de Alagoas. Campo ainda frio, sem os tradicionais gritos das torcidas, apresenta primeiros cartolas  que comandarão a indicação de jogadores. Mobilização simultânea entre Maceió e Brasília exibe nomes que poderão ser escalados para jogo principal do ano que vem.
    Pra valer, Renato Filho abriu o gramado, anunciando pretensão e colocando o bloco na rua. Prefeito do Pilar, de tradicional família política, quer completar o projeto do avô, deputado Rubens Canuto, que combateu de verdade a ditadura militar. Rodrigo Cunha ensaia uma candidatura, mas está sendo engolido por JHC que, mesmo calado, lidera todas pesquisas.
   Aparece agora, com pedra carimbada para o segundo turno, Jó Pereira, sobrinha do prefeito Biu de Lira. Produto de uma aliança entre o governador Renan Filho e do  deputado Arthur Lira, presidente da Câmara Federal, pode  ser nome de consenso do lado de forte grupo majoritário. Montado parte do cenário, começarão oficialmente composições e articulações.

 

Publicidade